FETRACOM | Fetracom - Federação dos Trabalhadores no Comércio nos Estados de Goiás e Tocantins

Notícias

Notícias Fetracom

TRT-GO suspende atendimento e audiências presenciais nas Varas do Trabalho até 30 de janeiro

Publicado em : 19/01/2022

Fonte : Rota Juridica -

Em virtude do aumento de casos de Covid-19, o Comitê de Retomada dos Serviços Presenciais do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-18) decidiu suspender, excepcionalmente, o trabalho presencial em todas as unidades da Justiça do Trabalho em Goiás até o dia 30 de janeiro de 2022.

A portaria TRT18ª 53/2022 foi assinada na manhã desta terça-feira (18/1) pelos desembargadores presidente e corregedor do Tribunal e começa a valer a partir da data da sua publicação. Com a medida, o funcionamento das Varas do Trabalho em Goiás, dos gabinetes e das unidades administrativas do TRT-18 passam a observar as regras da Portaria TRT 18ª nº 678/2020 até o dia 30 de janeiro.

Audiências presenciais já designadas para o período devem, conforme Portaria TRT 18ª 53/2022, ser convertidas em telepresenciais ou, no caso de impossibilidade, ser adiadas, conforme disposição do magistrado condutor do feito.

A portaria também atualizou as etapas de retomada de serviços presenciais vigentes em cada cidade-sede do Estado, tendo em vista alterações no Mapa de Riscos emitido pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Goiás (SES-GO), regredindo as cidades de Aparecida de Goiânia, Goianésia e Iporá para a etapa Laranja. As demais continuam na etapa Amarela, embora todas as unidades estejam, excepcionalmente, até o dia 30/01/2022, com as atividades presenciais suspensas nos moldes previstos na Portaria 678/2020.

O atendimento ao público nesse período será feito por meio telefônico ou eletrônico. Os números e e-mails encontram-se disponíveis na aba ‘Contato’ do site do TRT-18, onde o usuário também encontra links para atendimento via balcão virtual, ou seja, por meio de videoconferência com um atendente da unidade.

Já a entrega de documentos essenciais, como CTPS e documentos necessários ao exercício imediato de direitos trabalhistas e previdenciários, tais como a celebração de novo contrato de trabalho, o saque de FGTS e o recebimento de seguro-desemprego, deve ser feita por meio de agendamento telefônico prévio. A entrega será feita na entrada do edifício, com observação das cautelas devidas para evitar aproximação pessoal. Com informações do TRT-GO


“Fui demitida com 35 colegas por vídeo”

“Fui demitida com 35 colegas por vídeo”

 23/06/2022

 BBC

Demissões em massa nas startups… "Para mim, foi uma forma muito cruel de demissão. Todo funcionário sabe que a qualquer momento pode ser demitido. Mas a notícia não deveria ser dada na frente de todo mundo, após dias sem [...]


Negociado sobre o legislado: nova decisão do STF

Negociado sobre o legislado: nova decisão do STF

 23/06/2022

 Estadão

  No dia 2 de junho de 2022, ao julgar o Tema 1046 do seu Ementário de Repercussão Geral, o STF decidiu que “são constitucionais os acordos e as convenções coletivas que, ao considerarem a adequação setorial negociada, pactuam [...]


Quase 40% dos goianos tem nomes negativados

Quase 40% dos goianos tem nomes negativados

 20/06/2022

 O Popular

Quase 40% dos goianos não conseguiram pagar suas contas em dia e estão com registro nos serviços de proteção ao crédito. Isso representa 2,150 milhões de consumidores inadimplentes no Estado, sendo 534 mil só na capital, segundo [...]




STF decide que  sindicatos devem ser ouvidos

STF decide que sindicatos devem ser ouvidos

 09/06/2022

 G1

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (8), por 6 votos a 3, que é obrigatória a intervenção prévia dos sindicatos para que uma empresa faça a demissão em massa de trabalhadores. Segundo a decisão do STF [...]










Prazo para entregar declaração do IR entra na reta final

Prazo para entregar declaração do IR entra na reta final

 18/05/2022

 Folha de São Paulo

O prazo para a entrega da declaração do Imposto de Renda 2022 entra na reta final. A data-limite é o próximo dia 31 de maio. Quem é obrigado a declarar e atrasa a entrega paga multa mínima de R$ 165,74, limitada a 20% do imposto devido no [...]