FETRACOM | Fetracom - Federação dos Trabalhadores no Comércio nos Estados de Goiás e Tocantins

Notícias

Notícias Filiados

Shoppings se recuperam e já investem

Publicado em : 08/02/2021

Fonte : O Popular -

Depois de um ano desafiador para o comércio em geral, por conta da pandemia do novo coronavírus, os shoppings de Goiânia conseguiram fechar 2020 com recuperação das vendas e iniciaram 2021 recebendo novas operações. Segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce) em Goiás, a maioria já atingiu um patamar entre 90% e 95% das vendas anteriores à pandemia. Alguns estão até investindo em suas estruturas para receber novas unidades de grandes redes.

É o caso do Goiânia Shopping, que já está em estágio avançado das obras de uma extensão que abrigará uma loja conceito da gigante varejista de artigos esportivos Decathlon. A loja está sendo construída bem em frente ao supermercado Bretas e terá mais de 1,6 mil metros de área total. Mesmo durante a pandemia, o shopping também ampliou sua oferta de lojas de gastronomia, com a chegada de seu quarto restaurante com serviços, o japonês Ankai, além de receber novas marcas como Casa Bauducco, Havanna e Dunkin’ Donuts.

“São marcas de relevância nacional e internacional. Olhamos a pandemia com um olhar de oportunidade para geração de novos negócios e ampliação do mix para nossos clientes”, justificou o diretor de Marketing do Goiânia Shopping, José Borges Neto. Segundo ele, apesar de 2020 ter sido um ano desafiador, o centro de compras conseguiu fechar o ano com um resultado acima do esperado. 

Neto lembra que, depois das mudanças impostas pela pandemia, no segundo semestre de 2020, o shopping também criou a figura do ‘personal shopper’, que oferece toda uma assessoria de compras para ajudar o cliente a fazer suas compras sem nem precisar sair de casa. “Este profissional, que foi fruto da pandemia, faz desde o levantamento das opções de produtos com o perfil desejado nas lojas até a entrega na casa do cliente. Assim, também contribui com as vendas dos lojistas”, ressalta.

O Araguaia Shopping também já se prepara para receber uma nova operação da rede C&A, que ocupará o espaço que antes abrigava o supermercado Bretas. Para isso, está fazendo uma grande reforma na estrutura do local. “Tivemos alguns fechamentos, pois alguns não conseguiram se manter com a pandemia, apesar de termos sido parceiros do lojista, dando descontos em aluguel e condomínio”, informa a gerente de Marketing do Araguaia, Marina Marquez e Sousa.

Recuperação

Segundo ela, o centro de compras já fazia um trabalho de requalificação de seu mix e, atualmente, está com uma taxa de vacância de menos de 2%, com sete lojas fazias. Mas o Araguaia, que comemora seu aniversário de 20 anos em 2021, também inaugurou uma filial da renomada marca italiana Fila, no final do ano passado, e agora se prepara para receber novas grandes marcas, como a C&A, que terá mais de 1 mil metros quadrados de área e deve ser inaugurada no mês de julho. “Já estamos praticamente com o mesmo nível de vendas e lojas registrado em 2019”, garante a gerente.

O Passeio das Águas terá mais de dez inaugurações de novas operações no primeiro semestre deste ano. Entre elas, estão a Vivo e a rede de materiais esportivos Decathlon, além das ampliações do Restaurante Caseratto e do Fujioka (já inaugurada). Fabio Segura, superintendente do Passeio das Águas Shopping, informa que somente a loja da Decathlon terá mais de 2,6 mil metros quadrados de área total e oferecerá produtos de mais de 65 esportes, sendo esta a segunda maior Arena Decathlon no Brasil e a primeira unidade dentro de um shopping em Goiânia.

“As perspectivas com a chegada da vacina, que vai contribuir para a retomada da economia, são boas”, diz o superintendente. Segundo ele, o shopping procura atuar como parceiro de negócio de seus lojistas e acompanha o momento atual com atenção, mantendo diálogo permanente de forma a entender suas necessidades.

De acordo com a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), o Brasil tem, hoje, 754 shoppings em operação, que faturam quase R$ 170 bilhões anualmente e empregam quase 1,4 milhão de pessoas. Mesmo com a pandemia, 31 novos centros de compras estão sendo construídos no País.












Editorial O Popular: Efeitos da vacinação no trabalho

Editorial O Popular: Efeitos da vacinação no trabalho

 05/04/2021

 O Popular

Levantamento oficial da Secretaria Estadual de Saúde já identifica os efeitos positivos da vacinação entre idosos e profissionais de saúde. Enquanto no primeiro grupo, na faixa etária a partir dos 80 anos, houve queda na mortalidade, no grupo dos [...]




Ano começa com mais pedidos de recuperação judicial

Ano começa com mais pedidos de recuperação judicial

 29/03/2021

 O Popular

Este ano começou mais difícil para os empreendedores goianos. Nos dois primeiros meses deste ano, oito empresas já entraram com pedido de recuperação judicial, um crescimento de 166% em relação ao mesmo período de 2020, quando apenas [...]