FETRACOM | Fetracom - Federação dos Trabalhadores no Comércio nos Estados de Goiás e Tocantins

Notícias

Notícias Filiados

Vendas de remédios do kit Covid em 2020 crescem mais de 500% em seis empresas

Publicado em : 02/07/2021

Fonte : Folha Press -

As vendas de cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina, ivermectina, nitazoxanida e doxiciclina mais que quintuplicaram em 2020 para seis das 30 fabricantes de ao menos um desses remédios. Os medicamentos integram o chamado “kit Covid”, que não tem eficácia comprovada. Os dados são da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e foram obtidos pelo Poder360.

O Laboratório Globo teve o maior crescimento no número de embalagens desses medicamentos vendidas: 1.856%. Passou de 135 mil para 2,6 milhões em um ano. A Vitamedic foi a que mais vendeu no ano passado (44,3 milhões).

A EMS, 2ª empresa que mais vendeu em 2020, diz que os dados espelham a pandemia. “A cloroquina era estudada como um possível tratamento. Houve uma forte procura espontânea pela hidroxicloroquina, o que impactou todo o setor farmacêutico no Brasil”.

A empresa declarou em nota enviada ao Poder360 que forneceu o medicamento a dois estudos sobre a eficácia do remédio contra a Covid-19 no Brasil. Segundo a companhia, ambos apontaram a ineficácia da hidroxicloroquina em relação à doença.

“Também, no site da empresa (ems.com.br), foi publicado um comunicado oficial alertando sobre a ineficácia da hidroxicloroquina no combate à covid-19 e confirmando o uso do produto para as indicações em bula, conforme orientação médica”, escreveu.

O Poder360 procurou todas as seis empresas que tiveram os principais crescimentos em vendas desses remédios, mas só a EMS respondeu até a publicação deste texto.

TENDÊNCIA DE MERCADO

A alta procura pelos remédios do “kit” impulsionou empresas que não comercializaram esses medicamentos em 2019 e a venderem durante a pandemia para acompanhar a demanda.

A PharmaScience e a Hipolabor Farmacêutica, por exemplo, não venderam azitromicina em 2019. Em 2020, comercializaram 1 milhão e 43 mil embalagens do remédio, respectivamente. A 1ª empresa afirmou que “trabalha conforme a demanda“. A 2ª diz que o remédio é “menos de 0,1%” de sua produção.

“A Hipolabor informa que possui, desde 2015, registro na Anvisa para produção de Azitromicina Di-Hidratada 500 mg (comprimido). Esporadicamente, dentro do período de validade do registro, a empresa produz pequenas quantidades do medicamento.”

BOLSONARO DEFENDEU TRATAMENTO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é o maior influenciador da cloroquina no mundo, de acordo com dados do Facebook. Foram 11 milhões de interações e 1,7 milhão de compartilhamentos na rede social.

No ranking global, Bolsonaro ficou à frente do ex-presidente norte-americano Donald Trump, que teve 1,1 milhão de interações sobre a cloroquina, e da OMS (Organização Mundial da Saúde), que teve 491 mil.

Bolsonaro também divulgou outras drogas sem eficácia comprovada contra a covid-19, como a ivermectina (157 mil interações), azitromicina (750 mil) e a nitazoxanida (231 mil). Todas integram o dito “kit Covid”.

Em agosto de 2020, ele declarou que as mais de 100 mil mortes por covid-19 à época teriam sido evitadas caso as pessoas tivessem sido tratadas com cloroquina de forma precoce. Na época, ele afirmou que enviou mais de 400 mil comprimidos do remédio para o Estado, apesar de admitir não haver comprovação científica.

Em fevereiro de 2021, o presidente admitiu a possibilidade da ineficácia dos medicamentos. Disse em live que não se arrependeria de ter indicado a hidroxicloroquina contra a Covid-19.“Tudo bem, paciência”, disse.





Alta na conta de luz em 2022 deve ser menor do que neste ano

Alta na conta de luz em 2022 deve ser menor do que neste ano

 15/09/2021

 Folha de São Paulo

As medidas anunciadas pelo governo para tentar frear a elevação das tarifas de energia em 2022 devem surtir efeito e podem gerar até uma queda nas tarifas em algumas regiões, na opinião de especialistas que comentaram o tema nesta terça (14). Para [...]









Vendas em shopping crescem em 2020

Vendas em shopping crescem em 2020

 30/08/2021

  O Aparecida Shopping teve um aumento em suas vendas totais de 14% em relação a 2019 e 62% em comparação com 2020, dados prévios do mês de julho deste ano, período de férias. Já no mês de agosto, no período [...]