Federação dos Trabalhadores no Comércio - Goiás - Tocantins

Nova diretoria do Sindilojas-GO quer elevar a qualificação para o comércio

cropped-fetracom.png

Nova diretoria do Sindilojas-GO quer elevar a qualificação para o comércio

O Sindicato do Comércio Varejista no Estado de Goiás (Sindilojas-GO) elegeu nesta terça-feira (22) sua nova diretoria para o quadriênio 2022-2026, que tem como presidente o empresário Cristiano Caixeta, que atua há 22 anos no ramo calçadista da capital, com cinco lojas e uma indústria. Segundo ele, a nova diretoria garante representatividade ampla das 45 mil empresas do comércio lojista do Estado, com representantes de vários segmentos, e buscará o fortalecimento das empresas, por meio de ações para informatização, qualificação, capacitação e divulgação.

A eleição ocorreu com chapa única, fruto de um consenso entre os empresários após quase um ano de negociações. Cristiano Caixeta lembra que o comércio vive um momento de retomada, após os impactos negativos da pandemia. Mas, para isso, precisa se fortalecer. “Realizaremos treinamentos para empresários e funcionários do comércio, promoveremos eventos de incentivo ao empreendedorismo e workshops de temáticas relacionadas ao varejo e investiremos na ampliação da comunicação do sindicato com os associados e a sociedade”, avisa.

Debates

O novo presidente informa que o sindicato também pretende participar mais intensamente dos debates públicos. “Queremos trabalhar em cima de questões como o IPTU e demais assuntos tributários que pressionam os lojistas e os cidadãos em geral. Estaremos presentes nestes debates para reduzir as perdas do comércio”, destaca. Ele lembra que alguns empresários tiveram aumento de mais de 110% no IPTU, enquanto as vendas estão 15% abaixo das estimativas para o período.

Cristiano Caixeta diz que custos como altos preços de aluguéis e carga tributária elevada têm pesado muito e dificultado a retomada do comércio lojista. “O fortalecimento do comércio pós-pandemia tem sido um grande desafio. Precisamos nos fortalecer para sair do casulo e voltarmos a voar”, alerta o empresário. Para isso, segundo ele, é preciso um maior apoio do poder público. “Se o comércio vende mais e cresce, o poder público também arrecada mais.”

Os lojistas também enfrentam hoje o problema da escassez de mão de obra qualificada. Por isso, o presidente eleito do Sindilojas-GO informa que outra meta é elevar a qualificação de empresários e trabalhadores juntos. “Queremos oferecer cursos sobre como comprar, vender e cuidar da empresa de maneira geral para fazê-la crescer”, avisa.

A nova diretoria do Sindilojas tem como 1º vice-presidente o empresário José Reginaldo Garcia e como 2ª vice-presidente, a também empresária Marisa Elena de Melo Moura Carneiro. O 3º vice-presidente será Eduardo Gomes dos Santos, atual presidente do Sindilojas, que deixará o cargo em março.

Facebook
Twitter
LinkedIn